Como usar o extrator de leite materno

Aprender a usar um extrator de leite pode demorar tempo e exigir dedicação, mas vale muito a pena. Leia as nossas dicas sobre extração de leite para ajudar a encontrar o caminho certo para uma extração bem sucedida

Habituar-se com um extrator de leite pode demorar algum tempo mas vale muito a pena. O importante é ter paciência, mesmo que não consiga extrair tanto quanto gostaria, logo no início. Apesar de tudo, um extrator de leite não estimula em si as mesmas sensações que o seu bebê. Mas, com o tempo, o seu corpo vai aprender a ativar o seu reflexo de descida de leite quando extrai e a quantidade de leite deverá aumentar.

1: Você não precisa ter pressa pra começar

Nas primeiras quatro semanas, vai trabalhar juntamente com o seu bebê para iniciar e desenvolver a sua produção de leite. Se o seu bebê for saudável e a amamentação estiver correndo tudo bem, não vai precisar de um extrator de leite. No entanto, a extração é muito útil se precisar ficar longe do seu bebê durante algum tempo. Se não, desfrute deste tempo com o seu bebê e fique tranquila porque, mesmo que planeje extrair regularmente no futuro, não há necessidade de “treinar” o seu corpo para isso nas primeiras semanas.

2: Mas se o seu bebê não conseguir mamar

Se o seu bebê não conseguir mamar diretamente da mama, talvez por ser prematuro ou por ter necessidades especiais, ou porque estão separados por qualquer razão, inicie a extração dupla de leite materno logo que possa, depois do parto.

As investigações mostram que iniciar a extração durante as primeiras horas (quando um recém-nascido saudável começaria a mamar) ajuda as mães a produzirem um maior volume de leite nos primeiros dias e semanas, dando aos seus bebês uma melhor hipótese de se alimentarem exclusivamente com leite materno.

Se está a contar que o seu bebê (ou bebês) nasça(m) prematuramente, necessitando de cuidados intensivos, ou que tenha(m) uma condição que possa fazer com que a amamentação seja difícil, prepare-se. Aprenda a extrair, escolha um bom equipamento de que possa precisar e peça apoio a um profissional de saúde, a um consultor em aleitamento ou a um especialista em amamentação.

É importante retirar leite dos seus seios na medida em que o seu bebê mamaria, pois isto significa que os seios recebem a mensagem para produzir leite. No início, tente extrair oito a dez vezes a cada 24 horas e mantenha esta frequência quando o seu leite descer.

3: Programe bem

Na sua primeira sessão de extração, extraia durante pelos menos 15 minutos. Não se preocupe se não extrair muito leite no início. Em pouco tempo, a extração regular vai estimular os seus seios a produzirem mais leite.

Algumas mães acham que a extração uma hora depois de uma sessão de alimentação produz mais leite. Outras preferem extrair logo depois de cada segunda sessão. Tente extrair em alturas diferentes para perceber qual a que melhor se adequa ao seu estilo de vida. Quando perceber quais os momentos adequados para si, seja consistente, para o seu corpo se habituar à sua utilização do extrator de leite e às exigências adicionais relativamente à sua produção de leite. Pode sentir-se tentada a aumentar os intervalos entre as extrações, numa tentativa de recolher volumes maiores de leite. No entanto, se esperar até os seus seios estarem cheios, uma só sessão de extração não os irá drenar bem. Por isso, o ideal é extrair com frequência e regularmente.

4: Tenha cuidados de higiene

Lave sempre as mãos antes e depois da extração de leite e lave todas as peças do extrator que tenham estado em contacto com o seu leite ou com a boca do seu bebê. Também precisará de desinfetá-las, pelo menos uma vez por dia, depois de lavar. Certifique-se de que todas as peças sequem completamente e depois pode guardar o kit de extração num saco ou recipiente limpo até à próxima utilização.

5: Esteja preparada

Para evitar ter que interromper a sua sessão de extração de leite, antes de começar tenha perto de si tudo o que vai precisar. Uma bebida, algo para comer, o telefone ou o comando da TV, frascos ou sacos de conservação para o seu leite extraído e uma musselina para enxugar quaisquer pingos.

Um sutiã concebido especialmente para a extração permite-lhe manter as mãos livres, fazendo com que seja muito mais fácil operar os controles e fazer outras coisas enquanto extrai leite.

6: Instale-se confortavelmente

A melhor posição para a extração é uma posição em que se sinta à vontade. Estar descontraída é essencial para a libertação da hormona oxitocina, que estimula o seu reflexo de descida de leite. O desconforto e as distrações podem dificultar este processo, pelo que deve escolher um local sossegado e confortável e certificar-se de que os seus braços e costas estão bem apoiados enquanto extrai.

Se não estiver a usar um sutiã de extração, segure no seu funil entre o polegar e o indicador e use a palma da mão e os outros dedos para apoiar a mama. Encoste o funil à mama suavemente. Pressionar demais pode comprimir o tecido da mama e obstruir o fluxo de leite.

Algumas mães sentem que a respiração profunda, a música relaxante, as técnicas de visualização, ou terem o parceiro a massajar-lhes as costas e os ombros, podem ajudá-las a extrair mais leite.

7: Dê um impulso à descida do seu leite

A maioria dos extratores de leite elétricos a baterias ou pilhas da Medela utilizam a tecnologia 2-Phase Expression, que imita a forma como o seu bebê mama (com uma sucção rápida e leve seguida de sucções mais lentas e fortes), para ajudar a ativar a sua descida de leite. Massagear os seus seios antes e durante a extração, bem como aquecê-los aplicando uma compressa morna (como uma flanela) antes da extração, têm-se revelado formas de ajudar a estimular o seu fluxo de leite e de aumentar a quantidade que recolhe.

Os cientistas descobriram que o contacto pele-com-pele com o seu bebê antes e durante a extração também pode ajudá-la a extrair mais leite. Isto acontece porque o calor e o toque da pele do seu bebê contra a sua pele liberta oxitocina no seu corpo. Com efeito, algumas mães sentem que a extração corre melhor se estiverem a amamentar o seu bebê da outra mama enquanto extraem, devido a esta estimulação adicional.

Se o seu bebê não estiver consigo, tente olhar para uma fotografia ou vídeo dele, ou cheirar uma peça da sua roupa, durante a extração. Conseguir ter uma ligação com o seu bebê ao mesmo tempo que extrai leite é outra forma de aumentar o seu nível de oxitocina e de ajudar o seu leite a fluir.

8: Tire partido do seu fluxo de leite

Muitas mães não se apercebem da sua descida de leite, por isso esteja atenta durante a extração. Quando começar a ver jatos de leite a atingirem o frasco ou saco de conservação, vai perceber que está a acontecer.

Se estiver a utilizar um extrator de leite com a tecnologia 2-Phase Expression, ele terá um modo de estimulação e um modo de extração. Normalmente, o modo de estimulação dura cerca de dois minutos, mas assim que vir o leite a fluir como descrito, é importante que mude para a fase de extração. Isto porque, tipicamente, esta primeira descida fornece à volta de 36% do volume de leite, por isso estará a tirar proveito do seu fluxo para recolher mais leite.

9: Encontre a sua zona de conforto

Durante a fase de extração, extraia com o seu vácuo de conforto máximo, que é a situação de extração de leite mais elevada que pode usar sem ficar desconfortável. As investigações demonstram que assim se extrai uma quantidade de leite semelhante à que um bebê extrai quando mama.

Para encontrar o nível certo para si, aumente gradualmente a sucção do extrator de leite até ficar ligeiramente desconfortável e depois baixe um pouco.

10: Adapte a duração das suas sessões de extração

Assim que a sua produção estiver estabelecida (ao fim de cerca de quatro a seis semanas), pode começar a definir durante quantos minutos precisa extrair, poupando um tempo valioso. Algumas mães precisam extrair durante mais tempo do que outras, devido ao número de descidas de leite, que determina a frequência e a duração do fluxo de leite. O que é realmente maravilhoso é que, enquanto cada mãe tem um padrão de fluxo único, o seu será sempre igual de cada vez que extrai, bem como quando amamenta.

Então, como pode saber qual é o seu padrão? Escolha uma altura em que normalmente extrai o maior volume de leite e observe enquanto extrai, notando quando os jatos de leite começam a sair do seu mamilo, ou quando o leite pinga no recipiente durante a sessão.

Uma mãe que só tem descidas de leite no início de uma sessão, terá retirado a maior parte do leite dentro de oito a dez minutos e extrair durante mais tempo não vai dar-lhe mais leite. Por outro lado, uma mãe que tem muitas descidas de leite, ou descidas mais tardias, pode precisar extrair durante quinze minutos ou mais, para drenar a mama completamente.

11: Não ignore o desconforto

Extrair leite materno não deve doer. Se sentir desconforto durante a extração, ou se notar bolhas ou irritações no mamilo ou na mama, tente reduzir a sucção do extrator de leite.

Certifique-se também de que está a utilizar um funil do tamanho certo (a parte afunilada que se ajusta sobre a sua mama). O túnel do funil deve ajustar-se bem ao mamilo, mas deixando espaço suficiente para que este se mova para a frente e para trás sem roçar. Não deve roçar ou puxar demasiado da sua auréola (a zona escura em redor do mamilo), ou da pele da mama à sua volta, para dentro do túnel enquanto extrai. Um funil que não se ajuste bem pode reduzir a quantidade de leite que extrai e por isso a Medela tem funis de vários tamanhos diferentes.

Se o desconforto continuar depois de ter experimentado estas dicas, pare de extrair e aconselhe-se com um consultor em aleitamento ou um especialista em amamentação.

De que é composto o seu leite materno?

Está cheio de nutrientes que alimentam e protegem o seu bebê. Mas sabia que a composição do leite materno varia com o tempo? Descubra de que é composto o leite materno e como muda para satisfazer as necessidades do seu bebê.

Como se trata do primeiro alimento do seu bebê, as suas expetativas são que os ingredientes do seu leite materno incluam nutrientes básicos essenciais, como hidratos de carbono, proteínas e gorduras, bem como água para o manter hidratado. Mas o leite materno não é um alimento vulgar – tem um valor que vai para além da nutrição.

De que é feito o leite materno?

Aqui estão alguns dos outros constituintes do leite humano presentes em todas as sessões de alimentação, muitos dos quais não podem ser replicados:

  • Milhões de células vivas. Estas incluem glóbulos brancos, que reforçam o sistema imunitário e células estaminais, que podem ajudar no desenvolvimento e regeneração dos órgãos.
  • Mais de 1000 proteínas que ajudam o seu bebê a crescer e a desenvolver-se, ativam o seu sistema imunitário e desenvolvem e protegem os neurônios no seu cérebro.
  • Todas essas proteínas do leite materno são compostas de aminoácidos. Existem mais de 20 destes compostos no seu leite. Alguns deles, denominados nucleotídeos, aumentam durante a noite e os cientistas pensam que podem provocar o sono.
  • Mais de 200 açúcares complexos denominados oligossacarídeos que atuam como prebióticos, alimentando o intestino do seu bebê com “bactérias boas”. Também impedem que as infeções entrem na sua corrente sanguínea e diminuem o risco de inflamação cerebral.
  • Mais de 40 enzimas. As enzimas são catalisadores que aceleram as reações químicas no corpo. As que estão no seu leite tem tarefas como ajudar a digestão e o sistema imunitário do seu bebê e ajudá-lo a absorver ferro.
  • Fatores de crescimento que sustentam o desenvolvimento saudável. Estes têm efeito em muitas partes do corpo do seu bebê, incluindo os intestinos, os vasos sanguíneos, o sistema nervoso e as glândulas, que segregam hormonas.
  • No que diz respeito às hormonas, o seu leite materno contém imensas! Estes químicos inteligentes enviam mensagens entre tecidos e órgãos, para garantir que trabalham adequadamente. Alguns ajudam a regular o apetite e os padrões de sono do seu bebê e ainda reforçam a ligação que tem consigo.
  • Vitaminas e minerais – nutrientes que sustentam o crescimento saudável e o funcionamento dos órgãos, além de ajudarem na formação dos dentes e dos ossos do seu bebê.
  • Anticorpos, também conhecidos como imunoglobinas. Existem cinco formas básicas de anticorpos e todas podem ser encontradas no seu leite. Protegem o seu bebê de doenças e infeções, neutralizando bactérias e vírus.
  • Já deve ter ouvido falar de ácidos gordos de cadeia longa porque têm um papel crucial no desenvolvimento do sistema nervoso do seu bebê, ajudando também no desenvolvimento de um cérebro e de uma visão saudáveis. E, já adivinhou, também existem muitos destes no seu leite!
  • Os 1400 microRNAs, que se pensa que regulam a expressão genética e ajudam a prevenir ou a parar o desenvolvimento de doenças, sustentam o sistema imunitário do seu bebê e desempenham um papel na remodelação da mama.

Apesar de já ser uma lista longa, estes são apenas alguns dos ingredientes do seu leite materno e os cientistas continuam a descobrir mais. Surpreendentemente, os níveis destes ingredientes podem flutuar ao longo do tempo, dependendo da idade e das necessidades do seu bebê.

Os primeiros dias: Colostro

O primeiro leite que os seus seios produzem depois do nascimento do seu bebê chama-se colostro. Este leite materno espesso e pegajoso é muitas vezes denominado “ouro líquido”, não só devido à sua cor amarela ou alaranjada, mas também por ser tão importante para a alimentação e proteção do seu vulnerável recém-nascido.

No início vai produzir quantidades muito pequenas – só 40 a 50 ml em 24 horas – mas como o estômago do seu bebê é do tamanho de um berlinde, não vai precisar de mais. O colostro também é muito fácil de digerir. E o que não tem em quantidade compensa com qualidade.

Nas semanas seguintes: Leite de transição

Durante a primeira semana de vida do seu bebê, cerca de dois a quatro dias após o parto, o seu leite materno muda em quantidade. Poderá sentir os seus seios a ficarem mais cheios e firmes – uma mudança a que se chama “descida do leite”. Ao terceiro dia, o seu bebê consome 300 a 400 ml de leite materno todas as 24 horas e ao quinto dia aumenta para 500 a 800 ml, por isso não é de estranhar que sinta os seus seios maiores!

Do quinto ao décimo quarto dia, o seu leite chama-se leite de transição. Como o nome indica, está a mudar de colostro para leite maduro. Torna-se mais cremoso em cor e textura e também tem um teor mais elevado de gordura, calorias e lactose (um açúcar natural), fazendo com que seja o alimento ideal para o seu recém-nascido em rápido crescimento.

Mas pode ficar descansada que ainda está cheio de anticorpos, células vivas, bactérias “boas” e outros ingredientes bioativos para o proteger e o manter saudável.

Das quatro semanas em diante: Leite maduro

Quando o seu bebê tiver quatro semanas, o seu leite materno estará completamente maduro. Será rico em proteínas, açúcar, vitaminas e minerais, além de numerosos componentes bioativos, tais como hormonas, fatores de crescimento, enzimas e células vivas, para sustentar o crescimento e o desenvolvimento saudáveis do seu bebê.

Normalmente, a partir das quatro semanas, o conteúdo nutricional e os níveis de ingredientes no leite maduro permanecem relativamente consistentes. Mas a composição do seu leite materno ainda pode mudar de dia para dia e de uma sessão de alimentação para outra.

Por exemplo, se um dos dois estiver doente, o seu corpo cria anticorpos para combater essa doença em particular, os quais se tornam parte do seu leite. E, surpreendentemente, à medida que o seu bebê começa a explorar o mundo e a pôr brinquedos na boca, o nível de enzimas protetoras que lutam contra as bactérias no seu leite sobe. Esta variação na composição do leite materno mostra como se adapta às mudanças nas necessidades do seu bebê.

Fonte: Medela

A melhor Maneira do bebê pegar o peito

No começo da amamentação é normal ficar confusa e preocupada com a produção do leite materno e como fazer para o bebê pegar a mama, por isso preparamos um pequeno guia para as mamães de primeira viagem.
No começo, ou seja, nas primeiras semanas da amamentação, é normal a mamãe ficar esgotada mas não se preocupe, isso acontece com a grande maioria mas passa.
Para desenvolver melhor a produção do leite é normal amamentar 24 horas por dia e realmente pode ser muito cansativo mas tenha paciência, se cuide e descanse porque isso vai ficar muito mais fácil com o tempo. Depois das primeiras semanas isso vai mudar.
Os bebês recém-nascidos tem um estômago muito pequeno que cresce muito rápido e vai se adequando a quantidade de leite necessitado. Permitir que o seu bebê tome a quantidade que necessita e quando necessita vai ajudá-lo a voltar ao peso que tinha quando nasceu e continuar a crescer.
O correto é amamentar de duas em duas horas ou de três em três durante o dia e durante a noite pode ser de três em três ou dê quatro em quatro horas ou dependendo do seu bebê até com intervalos de cinco horas.
Cada dia é diferente assim como os bebês. Alguns são super rápidos e se satisfazem em 15 minutos mas outros mamam por até uma hora. Não faça comparação com os outros bebês.
A cada mamada deixe o seu bebê no seu peito até quando ele quiser, depois ofereça a outra, que ele pode querer ou até rejeitar. Quando ele estiver satisfeito, larga a mama naturalmente e fica tranquilo e relaxado e pode até a adormecer. Na próxima troque de mama oferecendo a outra antes.
O primeiro mês é o mais complicado e exigente mas não é uma regra quando se trata de amamentação. O bebê vai estar sempre com fome e mamar com frequência, assim iniciam e desenvolvem a sua produção de leite durante esse primeiro mês e isso também cria uma base para a produção de leite no futuro. Talvez até de 45 em 45 minutos.
Tem mais um ponto interessante, os bebês também querem estar em contato com as mães o tempo todo. As luzes brilhantes e os sons do mundo exterior podem assustar no início e o seu bebê precisa do seu contato para se manter calmo e tranquilo.
Muitas vezes o choro significa que o seu bebê quer estar junto da mãe e não fome mas acabam sugando pelo aconchego que isso traz pros bebês.
Os bebês no começo são muito novos para ter uma rotina então deixe que eles vão formando com o passar do tempo os seus próprios horários. Fique atenta aos gestos que eles fazem como lamber os lábios, chupar as mãos, abrir a boca ou virar a cabeça com a boca aberta pois isso pode ser sinal de que ele está com fome, não espere ele chorar.
Sempre que o seu bebê mama, ele suga muito rápido no começo fazendo com que o seu mamilo seja estimulado e fazendo com que o leite desça pelos seus canais de leite.
Essa estimulação dos mamilos aciona o cérebro para liberar o hormona oxitocida que passa ao longo do seu corpo fazendo com que os pequenos músculos em redor das glândulas produtoras de leite na mama se contraiam, elas também dilatam todos os canais por onde passa e assim começa a fluir o leite.
Estar bem apoiada e confortável durante as sessões de alimentação é muito importante para a descida do leite. Estar estressada pode fazer com que não aconteça ou que não funcione devidamente.
A oxitocina é uma hormona de ação curta e pode estar no corpo durante apenas 30 a 40 segundos. O seu leite flui e o seu bebê bebe. Depois a oxitocina dissipa-se e tem outra descida de leite e ele bebe de novo e assim por diante. É por isso que os bebês param de mamar e têm pequenos períodos de repouso ao longo de uma sessão de amamentação. Assim é a natureza.
Enfim tudo vai passar e as mamães vão se adaptar com tudo nesse maravilhoso mundo encantado de ser mãe.



.


Slime de Banho

Oi mamães.
Agora temos uma ótima notícia para aqueles filhinhos que não querem tomar banho ou dão muito trabalho para enfrentarem esse momento.
Chegou o Slime de Banho da Iaé com shampoo, condicionador, sabonete líquido banho de amor e pote cremoso de slime. Com excessão do creme de pentear, os outros todos são super coloridos como um slime mesmo e a brincadeira é deixá-los todos coloridos e fazerem brincadeiras com o corpinho enquanto tomam banho. O lance é passar no corpo seco pra ficar bem colorido e aí entrar debaixo do chuveiro. Além das cores lindas, o cheirinho é delicioso.
Faça da Hora do Banho uma hora divertida.

Saiba como se proteger nesse verão

Estamos passando por uma época muito crítica devido à pandemia e todos sabem disso mas como se prevenir de diversas doenças nessa época do ano não é fácil. Com as altas temperaturas e incidência de chuvas em todo o país, o risco de contrair doenças é ainda maior nessa época do ano. Cuidados em casa e uso de repelentes são os nossos maiores aliados no combate ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya, Zika e Febre Amarela que se reproduzem o ano todo, mas é durante o verão que os mosquitos encontram condições ideais e se proliferam ainda mais por causa das constantes chuvas e de calor.
Segundo o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde foram contabilizados mais de 979 mil casos suspeitos de Dengue no Brasil ao longo de 2020. Outras doenças infecciosas transmitidas por picadas de mosquito também tiveram números relevantes: foram registrados 80 mil notificações de Chikungunya, cerca de 7 mil casos de Zika Vírus e 19 mil de Febre Amarela (única com vacina disponível).
Estes números podem crescer ainda mais em 2021, já que o medo do coronavírus fez com que aumentasse a recusa de visitas dos agentes de zoonoses que fazem o combate ao mosquito Aedes Aegypti.
Outro dado alarmante é que, também devido à pandemia da Covid-19, muitos municípios brasileiros não fizeram o Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), o que pode atrapalhar as políticas de enfrentamento do mosquito proliferador de várias doenças virais. Os dados são da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e foram divulgadas em janeiro de 2021.
O controle do Aedes aegypti e consequentemente da Dengue depende de cada indivíduo e pode salvar vidas na sua família dos seus vizinhos e na sua comunidade.
Além disso, é preciso contar com repelentes eficazes contra o mosquito, como é o caso do Fly Biorepelente da Aya Tech, start-up que desenvolveu o produto com nanotecnologia 100% Brasileira.
O mais importante desse repelente é que as gestantes e lactantes também podem usar.

Biscoitos natalinos

Biscoito de Natal Tradicional

Ingredientes:
250 g farinha de trigo
100 g açúcar de confeiteiro
100 g de manteiga amolecida
1 ovo inteiro
1 gema
essência de limão a gosto

Modo de fazer:

Misture primeiro a farinha com a manteiga, em seguida adicione o açúcar, o ovo, a gema e a essência.
Misture muito bem até obter uma massa bem lisa.
Enrole a massa em um filme plástico e leve para a geladeira por 30 minutos.
Depois abra a massa com um rolo na espessura de meio centímetro, coloque no meio de um plástico e cubra com outro plástico filme para facilitar pois assim não gruda.
Corte com cortador de biscoitos com o desenho de sua preferência.
Coloque em fôrma (não é preciso untar) e leve em forno preaquecido a 180°C por 10 minutos ou até corarem.
Fique de olho pois eles assam muito rapidamente e podem queimar.


Biscoito de Natal Amanteigado

Ingredientes:
170 g de açúcar
170 g de manteiga amolecida
300 g de farinha de trigo
1/2 limão (raspa) ou 1 colher de sobremesa de essência de baunilha
1 ovo
1 pitada de canela
1 colher de café de bicarbonato de sódio

Modo de fazer:

Bata a manteiga com o açúcar até virar uma mistura cremosa, junte o ovo e continue batendo.
Adicione os ingredientes secos peneirados e misture com as mãos até obter uma massa consistente.
Enrole a massa em um filme plástico e leve para a geladeira por 30 minutos.
Depois abra a massa com um rolo na espessura de meio centímetro, coloque no meio de um plástico e cubra com outro plástico filme para facilitar pois assim não gruda.
Corte com cortador de biscoitos com o desenho de sua preferência.
Coloque em fôrma (não é preciso untar) e leve em forno preaquecido a 180°C por 10 minutos ou até corarem.
Fique de olho pois eles assam muito rapidamente e podem queimar.

Biscoitos de aveia e chocolate (o meu preferido)


ingredientes:
2 xícaras (chá) farinha de trigo (peneirada)
1 1/2 xícara (chá) aveia em flocos
1 xícara (chá) chocolate em pó
1 xícara (chá) de açúcar
200 g de manteiga amolecida
2 colheres (chá) fermento em pó
1 ovo
Castanha picada a gosto

Modo de fazer:

Coloque todos os ingredientes em uma tigela e junte com os dedos até obter uma massa homogênea.
Faça bolinhas pequenas, coloque em uma assadeira e achate, decore com gotas de chocolate ou como desejar.
Se preferir pode também cortar com forminhas de motivos natalinos ou outros.
Use a imaginação.
Asse por 20 minutos mais ou menos.




Porque comprar uma babá Eletrônica

Porque uma babá eletrônica vai ajudar e muitos os papais a deixarem os seus pequenos seguros enquanto dormem ou brincam.
Esses pequenos e práticos aparelhos são uma ótima ajuda para os pais acompanharem seu bebê e também manter uma boa noite de sono.

Os cuidados com o bebê nunca acabam. Além de precisar receber a devida atenção enquanto acordados, os pequenos também precisam ter apoio próximo durante suas horas de sono para qualquer incidente. Para os pais preocupados, isso pode tirar várias horas de sono. Felizmente, a babá eletrônica pode ajudar as duas partes, mantendo os pais com boas horas de sono e ainda atentos aos seus filhos ou filhas.

A babá eletrônica é um aparelho feito de pelo menos duas partes – um receptor e um ou mais transmissores – que utiliza sistemas de comunicação, como ondas de rádios ou wi-fi, para permitir o monitoramento em tempo real dos sons produzidos por uma criança. Alguns aparelhos mais modernos conseguem transmitir para o receptor até mesmo vídeos feitos no escuro, para deixar até as mães e pais mais tranquilos.

Normalmente, o receptor é carregado pelos pais, ou colocado no quarto em que eles dormem. Essa parte do aparelho recebe os sons e vídeos do transmissor, que possui câmera e microfone, e os mostra para os pais. Alguns transmissores também permitem que uma música seja tocada de volta para a criança ou até mesmo que a pessoa que estiver com o receptor fale com o bebê (são as chamadas babás eletrônicas bidirecionais). Os papais podem até contar uma historinha para acalmar os bebês.
Alguns modelos são conectados ao celular e podem até transmitir sons da barriga da mamãe no momento que estavam lá, além de diversos outros sons.
Confiram alguns modelos abaixo que temos disponíveis no nosso site:

Motorola EASE44 CONNECT

https://www.trendybaby.com.br/hora-de-dormir/baba-eletronica-motorola-ease44-connect

Monitore seu bebê com a Babá Eletrônica Motorola EASE44CONNECT. Em casa, use a tela grande de 4,3″ para ter uma visão clara do seu filho. Faça o download do aplicativo Hubble no seu smartphone ou tablet para transmitir vídeo em HD quando você estiver em movimento. Obtenha uma visão aproximada do seu bebê usando a função de zoom digital. Fale e ouça seu filho em casa ou em movimento com o recurso de conversação bidirecional e acalme-o com uma canção de ninar, com um som suave ou um audiolivro, sem entrar no quarto.

Características: Monitore a temperatura ambiente para garantir que o ambiente esteja confortável para o seu bebê.
Você pode até criar suas próprias gravações de áudio e sons suaves para tocar para o bebê quando você estiver ausente, por meio do aplicativo Hubble;
Compatibilidade com o aplicativo Hubble, podendo obter visualização no aparelho celular;
Conectividade com AMAZON ALEXA E GOOGLE ASSISTANT;
Bivolt

Motorola EASE34

https://www.trendybaby.com.br/hora-de-dormir/baba-eletronica-motorola-ease34

Monitore seu bebê com a Babá Eletrônica Motorola EASE34.
Use a tela grande de 4.3” para obter uma visão clara do seu pequeno e controlar as funções da câmera.
Obtenha uma visão aproximada do seu bebê usando a função de zoom digital.
Monitore a temperatura ambiente para garantir que o esteja confortável para o seu bebê. Fale e ouça seu filho com o recurso de conversação bidirecional e acalme-o para dormir com uma canção de ninar, um som ou um audiolivro, sem entrar no quarto. Mantenha-se conectado em toda a sua casa com alcance de até 300 metros e não perca nenhum momento com o microfone de alta sensibilidade.

Motorola MBP30A

https://www.trendybaby.com.br/hora-de-dormir/baba-eletronica-motorola-mbp30a

A babá eletrônica Motorola MBP30A garante segurança total de que seu bebê está descansando em paz. Ela é equipada com um display de 3,0’ colorido, possui monitoração com imagem, som e visão noturna. A tecnologia FHSS 2,4GHz garante que seu bebê o ouvirá em alto e bom som. Todos os dados captados pela câmera são criptografados e é possível se afastar até 300 metros e ainda receber um aviso e ouvir quando seu bebê está acordado.

Motorola MBP36S

https://www.trendybaby.com.br/hora-de-dormir/baba-eletronica-motorola-mbp36sc

A babá eletrônica Motorola MBP36S garante segurança total de que seu bebê está descansando em paz. Ela é equipada com um display de 3,5″” colorido, possui monitoração com imagem, som e visão noturna. A tecnologia FHSS 2,4GHz garante que seu bebê o ouvirá em alto e bom som. Todos os dados captados pela câmera são criptografados e é possível se afastar até 300 metros e ainda receber um aviso e ouvir quando seu bebê está acordado. Câmera com visão noturna infravermelha, microfone de alta sensibilidade, controle de volume, indicador de nível de som, panorâmica, inclinação e zoom remoto, indicador de bateria na unidade dos pais, sons para ninar, controle de temperatura e comunicação bidirecional.

Características:
Câmera com visão noturna infravermelha;
Cobre o campo de 300 metros;
Tecnologia sem fio: 2.4 GHz FHSS, Ecrã a cores diagonal de 3,5
Bivolt;

Motorola MBP481

https://www.trendybaby.com.br/hora-de-dormir/baba-eletronica-motorola-mbp481

Para manter a segurança do bebê e tranquilidade dos pais, a Motorola apresenta a Babá Eletrônica modelo MBP481, branca, que possui alcance de até 300 metros de distância. Com tela de 2,0″ e visor colorido, este produto oferece câmera com visão noturna infravermelho e zoom digital. Já o microfone integrado tem alta sensibilidade e controle de volume. O equipamento também possui alertas de bateria fraca e fora de área o que reforça a sua funcionalidade.

Características:
Câmera com visão noturna infravermelha, microfone de alta sensibilidade, controle de volume, indicador de nível de som, zoom remoto, indicador de bateria na unidade dos pais;
Tecnologia sem fio 2,4 GHz FHSS, Ecrã a cores de 2,0″
Dimensões Aproximadas: 44.3 x 24.9 x 19.3 cm;
Bivolt

Receitas de papinhas saudáveis para o seu bebê

Nada mais gostoso do que ver a carinha do nosso pequeno tesouro experimentando um alimento novo. Quando o bebê completa 6 meses já está na hora de começar a experimentar alimentos mais pastosos e começa o momento das papinhas. Entre os 6 meses e os 3 anos é a fase mais importante para consolidar o aprendizado nesse mundo dos alimentos já que vai ser apresentado um mundo de sabores. Por isso vá aos poucos apresentando os alimentos para o organismo da criança ir se acostumando, então ofereça o maior número de sabores possível.

1- Papinha de carne, abóbora, batata e couve

Ingredientes:

1 colher (de sobremesa) de óleo vegetal

1 colher (de chá) de cebola picada

2 colheres (de sopa) de carne moída

1 batata pequena cortada em cubos pequenos

2 colheres (de sopa) de abóbora cortada em cubos pequenos

2 colheres (de sopa) de couve picada

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a abóbora. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

2- Papinha de frango, mandioquinha, beterraba e escarola

Ingredientes:


1 colher (de sobremesa) de óleo vegetal

1 colher (de chá) de cebola picada

2 colheres (de sopa) de frango cortado em cubos pequenos

1 mandioquinha pequena cortada em cubos

½ beterraba pequena cortada em cubos

2 colheres (de sopa) de escarola picada

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida a mandioquinha e a beterraba. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a escarola e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

3-Papinha de frango, espinafre, abobrinha e cenoura

Ingredientes:

5 pedacinhos de frango em cubos

1/2 abobrinha em cubos

1 batata em cubos

4 folhinhas de espinafre

4 folhinhas de salsinha

1 tomate picado sem semente

1/2 cenoura em cubos

azeite a gosto

sal

1 dente de alho

Modo de preparo:

Primeiro, pique o alho e coloque azeite. Acrescente e doure o frango. Quando dourar, acrescente o tomate mexendo, até que ele fique mole. Em seguida, coloque todos os ingredientes. Acrescente água até cobrir os legumes. Por último, acrescente uma pitada de sal e espere 10 minutinhos para que fique mais cremoso.

4- Papinha de carne, espinafre, abóbora e arroz

Ingredientes:

2 xícaras de chá de folhas e talos de espinafre lavadas e picadas

1/4 de abóbora japonesa descascada e picada

100 g de músculo bovino moído ou cozido e desfiado

1 xícara de café de arroz cru

1 colher de sopa de azeite

1 cebola pequena picada em cubos

1 dente de alho amassado ou picado

1 xícara de chá de água

Sal a gosto

Modo de preparo:

Em uma panela refogue a cebola, o alho e a carne no azeite, assim que a carne estiver soltinha, acrescente todos os outros ingredientes e tampe a panela, deixe cozinhar em fogo brando até que o arroz fique cozido.Se necessário acrescente um pouco mais de água. Com o auxílio de uma colher de pau ou silicone (não use utensílios metálicos pois oxidam as vitaminas) misture tudo até obter uma espécie de risoto.


5- Sopa de carne, cenoura e espinafre

Ingredientes:

100 gramas de cenoura cozida

½ xícara de espinafre

1 colher (de sobremesa) de azeite de boa qualidade

1 colher (de sobremesa) de cebola ralada

1 colher (de sobremesa) de salsinha fresca

100 gramas de carne moída

½ xícara de caldinho de feijão

Modo de preparo:

Em uma panela aqueça o azeite e refogue a cebola até murchar. Acrescente a carne e refogue por 5 minutos. Junte a cenoura, a salsa, o espinafre e 1 xícara de água. Cozinhe por 20 minutos ou até que os legumes estejam macios. Quando estiver pronto, amasse com o garfo ou passe na peneira. Acrescente o caldinho de feijão e sirva.


6- Papinha de frango, abóbora, batata e cenoura

Ingredientes:

1 fio de óleo vegetal ou azeite

1 colher (de chá) de cebola picada

2 colheres (de sopa) de frango desfiado ou cortado em cubos pequenos

2 colheres (de sopa) de abóbora cortada em cubos pequenos

1 batata pequena cortada em cubos

1 cenoura pequena cortada em rodelas

1 pitada de sal

Cebolinha e salsinha (se desejar)

Modo de preparo:

Em uma panela coloque o fio de óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente a abóbora, a batata e a cenoura. Depois, cubra com cerca de 1 litro de água. Deixe cozinhar até que todos os alimentos estejam bem macios. Adicione uma pitada de sal. Amasse todos os alimentos com um garfo, acrescente a cebolinha e salsinha, e sirva.


7- Papinha de carne, mandioquinha e cenoura

Ingredientes:

1 fio de óleo vegetal ou azeite

1 colher (de chá) de cebola picada

2 colheres (de sopa) de carne cortada em pedaços pequenos

2 colheres (de sopa) de mandioquinha cortada em cubos pequenos

1 cenoura pequena cortada em rodelas

1 pitada de sal

Cebolinha e salsinha (se desejar)

Modo de preparo:

Em uma panela coloque o fio de óleo e refogue a cebola e a carne. Acrescente a mandioquinha e a cenoura. Cubra com água e deixe cozinhar até que todos os alimentos estejam bem macios. Adicione uma pitada de sal. Amasse todos os alimentos com um garfo, acrescente a cebolinha e salsinha, e sirva.


8- Papinha de frango, batata doce, beterraba e escarola

Ingredientes:

1 fio de óleo vegetal ou azeite

1 colher (de chá) de cebola picada

2 colheres (de sopa) de frango desfiado ou cortado em cubos pequenos

1 batata doce pequena cortada em cubos

½ beterraba pequena

2 colheres (de sopa) de escarola picada

1 pitada de sal

Modo de preparo:

Em uma panela coloque o fio de óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente a batata doce e a beterraba. Depois, cubra com cerca de um litro de água. Deixe cozinhar até que todos os alimentos estejam bem macios. Então, acrescente a escarola picada e deixe cozinhar por mais alguns minutos. Adicione uma pitada de sal. Amasse todos os alimentos com um garfo, acrescente a cebolinha e salsinha, e sirva.

9- Papinha de carne, mandioquinha e cenoura

Ingredientes:

2 colheres (de sopa) de carne moída

1 colher (de chá) de cebola ralada

2 mandioquinhas médias/pequenas descascadas em pedaços (de 150 a 200 g)

½ cenoura média

1 colher (de café) de sal

1 fio de azeite

Modo de preparo:

Em uma panela pequena, cozinhe a cebola e a carne. Acrescente a mandioquinha, a cenoura e o sal e adicione 2 copos de água (400 ml). Coloque a tampa. Deixe cozinhar em fogo brando até que os ingredientes estejam macios e quase sem água. Se necessário, acrescente mais água para que os alimentos fiquem bem macios. Adicione um fio de azeite no final.

10- Papinha de carne, fubá e couve

Ingredientes:

2 colheres (de sopa) de carne moída

1 colher (de sobremesa) de óleo de soja

1 colher (de chá) de cebola ralada

4 colheres (de sopa) de fubá

½ folha de couve-manteiga picada

1 colher (de chá) de sal

1 fio de azeite

Modo de preparo:

Em uma panela pequena, refogue a cebola e a carne. Acrescente 2 copos de água fria (de 400 a 500 ml) e o fubá. Deixe cozinhar, sem parar de mexer, até que o caldo fique encorpado. Junte a couve picada e cozinhe por mais 5 minutos em fogo brando. Se necessário, acrescente mais água. Adicione um fio de azeite no final.

baby Concierge, uma parceria de sucesso


a Trendy Baby tem o prazer e o previlégio de fazer parte desse projeto tão maravilhoso que envolve a vida dos bebês e das mamães. Abaixo vocês vão ficar sabendo um pouco mais sobre esse sonho que virou realidade. Vale à pena a leitura.


O PROJETO

A maternidade, seja no plano imaginário ou na vivência real, é um universo muito vasto. Dúvidas, expectativas, anseios, medos e sonhos fazem parte desse processo. E nada melhor do que contar com um apoio para tornar essa vivência mais prazerosa.

O Baby Concierge é um serviço de consultoria voltado a atender gestantes e famílias que estão imersas no contexto da maternidade. Nosso propósito é oferecer em um só lugar todas as indicações de profissionais, produtos e atividades que envolvem o universo materno-infantil.
Por meio de informações, indicações e acompanhamento, nosso objetivo é fazer com que a chegada e a primeira infância de um novo integrante na família sejam vividas com tranquilidade e que tudo aconteça de maneira consciente e customizada.

Queremos estar próximos às famílias auxiliando na escolha do enxoval, nas indicações de profissionais de saúde, dando orientações nutricionais, dicas de wellness, decoração e tudo que oferece conforto, segurança e bem-estar.

COMO FUNCIONA?

Desenvolvemos um negócio no qual participamos da vida das famílias por meio da nossa consultoria completa, com acompanhamento de uma concierge de maternidade e com a recomendação de serviços presenciais, e/ou por meio da nossa plataforma de streaming on-line, na qual as famílias assinantes receberão conteúdos informativos com dicas, orientações e curiosidades de diversos nichos que compreendem esse universo. Além disso, um clube de vantagens faz parte dessa plataforma. Nele, os assinantes podem fazer aquisições de nossos parceiros (lojas e serviços) com descontos e benefícios exclusivos.

VANTAGENS

Dentro da nossa plataforma você tem acesso a conteúdos diversos, produzidos por profissionais de mais de 20 nichos de atendimento ao público materno-infantil, + descontos exclusivos e benefícios na aquisição de produtos e serviços de mais de 60 marcas e parceiros.

Tire dúvidas e faça compras sem sair de casa!

POR QUE ASSINAR?

DESCONTOS EXCLUSIVOS
Descontos exclusivos Baby Concierge em compras em mais de 60 marcas de todo o Brasil

DIFERENCIAL EM SERVIÇOS
Vantagens Baby Concierge na contratação de colaboradores de mais de 20 nichos materno-infantil

CONTEÚDO EXCLUSIVO
Assista on-line conteúdos produzidos por profissionais de diversos segmentos do mercado materno-infantil

REDE DE APOIO
Acolhemos mães, pais e familiares oferecendo conteúdos relevantes para vivenciarem as rotinas maternas

DINAMISMO
Conteúdo de qualidade e facilidade na aquisição de produtos para gestantes, bebês e crianças, sem sair de casa

CONFIANÇA
Indicamos serviços e produtos de conceituadas chancelas do mundo materno-infantil

Casa segura para os bebês

A hora que os bebês começam a engatinhar e depois a andar é só alegria, não é mesmo?
Não. Porque? Porque precisamos manter a casa segura e isso apesar de ser uma tarefa fácil, requer atenção aos detalhes. E isso vai ser impossível não fazer.
No mercado hoje em dia encontramos produtos que nos facilitam e muito nesse momento e é obrigação dos pais deixarem a casa segura para os seus pequenos exploradores. Seja em portas, gavetas, escadas, etc….
Também vai ser preciso tirar algumas coisas fora do caminho como eletrodomésticos, coisas que quebram e cabos.
Para as tomadas existem peças que deixam essa área segura. Segue exemplo abaixo.

Protetor de Tomadas Ibimboo

Canto e quina de mesa é outro ponto super importante, o lugar que criança mais bate a cabeça com certeza é a quina da mesa e isso tem que ter uma proteção. No mercado existem diversas opções para que o seu pequeno arteiro não se machuque.

Protetor de Canto Emborrachado Ibimboo Pequeno

Protetor de Mesa em Silicone Ibimboo

Protetor de Quina Buba Baby

As mamães e papais podem também salvar os dedinhos dos pequenos exploradores de serem prensados nas gavetas, impedir que as portas se fechem prendendo alguma parte do corpinho deles, enfim, temos infinitas possibilidades e a Trendy Baby sempre antenada, preparou uma seleção de alternativas para eles estarem sempre protegidos dentro de casa.